NOTÍCIAS

Todos Pela Educação 14:20, 24 mai 2018 Todos Pela Educação lança iniciativa com propostas para promover salto de qualidade na Educação Básica

Foto:

Pontos principais da agenda técnica desenvolvida por grupo suprapartidário já estão sendo apresentados a pré-candidatos

O movimento Todos Pela Educação, com a colaboração de um grupo plural e suprapartidário de especialistas em Educação, está desenvolvendo um plano estratégico para efetivar mudanças estruturantes na Educação Básica brasileira. A iniciativa tem como foco imediato contribuir para que, já no período de transição de gestão, os próximos governantes tenham à sua disposição diagnósticos aprofundados e propostas baseadas em evidências e experiências exitosas em nível internacional e nacional para melhorar a qualidade da Educação Básica brasileira. 

“Junto com diversos especialistas e organizações parceiras, identificamos que um ponto crítico da Educação Básica hoje é a falta de uma estratégia sistêmica que aponte quais ações precisam ser continuadas e aprimoradas e quais novas medidas precisam ser introduzidas para avançarmos no sentido do que está estabelecido no PNE e nas boas experiências que algumas redes brasileiras vêm demonstrando nos últimos anos. O momento eleitoral é importante para conseguirmos jogar luz sobre esse debate fundamental para o desenvolvimento dos brasileiros e do País”, pondera Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação. “Não podemos continuar nos conformando com os baixíssimos índices de aprendizagem dos alunos nem com a enorme desigualdade educacional que perpetua as injustiças sociais do País. A Educação sozinha não vai resolver todos os nossos problemas, mas sem ela não haverá alterações significativas no quadro atualmente instalado. Trata-se não só de um direito fundamental de todo cidadão mas, também, de uma política central para a nação, e qualquer candidatura que se diga comprometida com o desenvolvimento dos brasileiros, terá de olhar para a Educação como a matriz de soluções para as diferentes áreas”, conclui.

Há um mês, os principais pontos do plano vêm sendo apresentados a pré-candidatos à Presidência da República com o objetivo de que já os considerem na formulação de seus planos de governo. O objetivo do movimento é dialogar com todos os pré-candidatos e coordenadores de campanha até o final de julho.

Parte de uma iniciativa de mobilização em favor da Educação Básica Pública brasileira chamada Educação Já!, o plano apresenta uma visão de longo prazo, diretrizes para a pauta nacional e estadual e agenda dos 100 primeiros dias para o governo federal. As propostas discorrem sobre primeira infância, alfabetização, formação e carreira docente, implementação da Base Nacional Comum Curricular, reestruturação do Ensino Médio, gestão das redes e das escolas,  governança do sistema e financiamento.

O movimento já conversou com a coordenação de campanha de alguns pré-candidatos, entre eles, Marina Silva, Ciro Gomes e Geraldo Alckmin, e segue atendendo solicitantes e organizando encontros com as equipes dos demais pré-candidatos.

Colaboram com o desenvolvimento do plano nomes como Anna Helena Altenfelder, pedagoga e presidente do conselho do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária); Binho Marques, ex-titular da Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (SASE) do Ministério da Educação do governo Dilma Rousseff (PT), e ex-governador do Acre pelo PT; Cláudia Costin, professora, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (CEIPE-FGV) e ex-secretária de Educação do Rio de Janeiro na gestão Eduardo Paes (à época PMDB); Fernando Abrucio, professor, pesquisador e coordenador do curso de graduação em Administração Pública da FGV (SP); José Henrique Paim, professor, consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e ex- Ministro da Educação do governo Dilma Rousseff; Mariza Abreu, Consultora de educação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e ex-Secretária da Educação do Rio Grande do Sul no governo Yeda Crusius (PSDB); Maurício Holanda, Secretário Adjunto na Secretaria da Educação do Ceará na gestão Camilo Santana (PT); Mozart Neves Ramos, professor, diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna e ex-secretário de Educação de Pernambuco na gestão Jarbas Vasconscelos (PMDB); Naercio Menezes Filho, Coordenador do Centro de Políticas Públicas (CPP) do Insper; Neca Setúbal, socióloga, presidente dos conselhos da Fundação Tide Setúbal e do Gife (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas); e Washington Bonfim, ex-secretário de Educação e de Planejamento de Teresina (PI) na gestão Firmino Filho (PSDB), entre outros.


Tags: Consed Portal Todos Pela Educação