NOTÍCIAS

seduc rs 17:49, 4 jun 2021 Escolas da região Sul do RS preparam marmitas solidárias aos estudantes

Escolas da região Sul do RS preparam marmitas solidárias aos estudantes

Ação propõe minimizar as dificuldades impostas pela pandemia

Uma iniciativa repleta de solidariedade está ajudando a aquecer o coração de quem mais precisa na região Sul do Rio Grande do Sul. São as marmitas quentinhas entregues aos estudantes das escolas estaduais da região da 13ª Coordenadoria Regional da Educação (CRE), de Bagé.           

Escolas de Bagé, Aceguá, Dom Pedrito, Caçapava do Sul, Hulha Negra, Candiota e Lavras do Sul, se organizaram e reinventaram-se para conseguir distribuir essas deliciosas marmitas solidárias, compostas muitas vezes por arroz, feijão, carreteiro, macarrão, legumes, mas sempre com um ingrediente principal: o afeto. Conforme a diretora da Escola Arnaldo Faria (Bagé), Marta Verani Gomes, além do alimento, a instituição faz a entrega do material didático na própria residência dos estudantes. Nas terças e quintas-feiras, a equipe da escola leva para mais de 20 bairros, em torno de 150 marmitas, uma sacola com pães e o material de aula impresso. "A ideia surgiu quando nos deparamos com pais que tinham dificuldade em comprar o gás para cozinhar o alimento, então resolvemos fazer as marmitas para facilitar a refeição", relatou Marta, que comentou também que sua escola distribui material escolar para aqueles alunos que necessitam, como lápis, borracha e cadernos. 

Em Dom Pedrito, a Escola de Ensino Fundamental Dr. Arthur Villamil de Castro também aderiu à distribuição das viandas. Há mais de um mês são entregues 80 refeições diárias na porta da instituição. Segundo o diretor Omar Jardim, é utilizada a verba destinada à alimentação escolar. "As entregas são feitas na escola, respeitando os protocolos de distanciamento social", destacou.

A coordenadora da 13ª CRE, Miriele Barbosa Rodrigues, entende que é uma das atribuições da escola fornecer uma alimentação adequada às crianças, por isso a iniciativa da distribuição das marmitas. "Entendemos que os recursos da merenda têm que retornar aos alunos de forma que vá contribuir para uma boa alimentação, então muitas das nossas escolas estão fazendo as marmitas", explicou ela, que lembra que na próxima semana, as instituições receberão as cestas básicas a serem distribuídas às famílias dos estudantes em situação de vulnerabilidade. 

A secretária da Educação do Estado, Raquel Teixeira, parabenizou a iniciativa destas escolas. "Além da competência cognitiva que temos que desenvolver nos nossos alunos, a gente precisa saber que a escola é este lugar acolhedor que divulga e faz a difusão do conhecimento, mas que também recebe as famílias em momento de dificuldade", ressaltou.


Tags: Rio Grande do Sul RS seduc rs